ATRAÇÕES

Abertura do Circuito Cultural Digital de Pernambuco com Editora Cepe e Fundação Gilberto Freyre

09/09/2020 16:30 - 17:00 | Assistir aqui | Assistir aqui
Abertura do Circuito Cultural Digital de Pernambuco

Solenidade de abertura – Circuito Cultural Digital de Pernambuco

O Circuito Cultural Digital de Pernambuco é a versão digital da série anual de eventos realizados pela Editora Cepe e que leva educação, cultura e estímulo à leitura e à produção artística a todas as regiões pernambucanas. Em 2020, esta turnê passa a ter um alcance ainda maior, com uma série de eventos que você poderá conferir a partir deste momento, compartilhando com leitores do mundo inteiro.

CEPE EDITORA

A Cepe Editora visa privilegiar obras inéditas ou não que tenham relevância para a cultura pernambucana, nordestina e brasileira, em todos os seus aspectos eruditos ou populares, abrangendo os campos científico, técnico, literário e artístico.

Sua meta é editar com competência livros que divulguem ou ampliem esta cultura, e que constituam um patrimônio com valor próprio, para além de critérios que dependam do seu valor de troca.

Isto não significa que a Cepe esteja alheia à divulgação, distribuição e comercialização profissional desses livros, uma vez que, para a continuidade dos trabalhos da editora, é necessária a realimentação dos investimentos, através da venda de seus produtos.

Assim, além do cuidado com seu valor cultural, nossas publicações são concebidas dentro de um planejamento gráfico atraente e funcional, com impressão de alta qualidade e acabamento o mais próximo possível da excelência, de modo a proporcionar uma leitura tão agradável quanto proveitosa.

FUNDAÇÃO GILBERTO FREYRE

Gilberto Freyre e sua família resolveram instituir, na Vivenda Santo Antonio de Apipucos, uma Fundação que não apenas reunisse o seu patrimônio cultural, seus bens e acervos, mas que também pudesse estimular a continuidade dos seus estudos e de suas idéias, voltados para a compreensão e interpretação da realidade social brasileira. A Casa de Gilberto Freyre, transformada em Fundação no dia 11 de março de 1987, cumpre, assim, o seu destino. Na concepção do tempo por ele idealizado, onde o presente, o passado e o futuro se interpenetram e constituem um só tempo, sua vida e sua obra continuam inalteradas e hoje cumprem o papel de balizadoras das ações desenvolvidas pela instituição.

Sua missão é contribuir para o desenvolvimento político-social, científico-tecnológico e cultural da sociedade brasileira tendo como referencial a obra freyriana e sua influência para a compreensão e interpretação da sua realidade, na perspectiva da superação das desigualdades sociais. Para isso, mantém reunido, preservado e à disposição do público o acervo pessoal e intelectual do doutor Gilberto Freyre; estuda, promove e difunde as diversas manifestações da arte, da cultura e da ciência, especialmente do e no Nordeste; promove estudos tropicológicos e intercâmbio com universidades e instituições científicas e culturais brasileiras e estrangeiras; patrocina o amplo conhecimento da região nordestina, sua história, sua formação social e econômica, seus problemas e alternativas de solução; e estabelece um intercâmbio artístico, educacional, cultural e científico do Nordeste com as demais regiões do país e com os diversos países do mundo.